top of page

Julgamento, quero ser feliz ou ter razão?


Julgamento, quero ser feliz ou ter razão?


Somos filhos de Deus, ou da Natureza, com certeza ainda não compreendo muito de onde vim pois, ainda sou criança nesse aspecto então quando erro, estou aprendendo o que não quero mais repetir, feedback.


O julgamento na forma de sombra, nos faz sentir menos quando erramos, faz sentir culpa e se colocarmos na eternidade, muitas vezes temos uma desafeição de si, pois, com certeza já erramos bastante, mas, se olharmos para o julgamento pela luz, podemos fazer diferente, nos amando como crianças que somos e nos permitindo fazer diferente, aceitando como aprendizado um dia de cada vez, um passo de cada vez.


Quando nos conectamos com o julgamento sombra, nos afastamos da nossa origem que é luz e isso nos faz ficar chorando o leite que já derramou, não e mesmo?


Quando somos críticos e julgamos os outros, aí e pior ainda pois, vamos imaginar que o outro vem com um potinho de cocô para nos, (uma crítica ou um julgamento), e nos ficamos com raiva, ou pior revidamos, nos envolvemos com esse coco, energeticamente, nos envolvemos com essa energia de sombra e vestimos a sombra do outro.


Ao invés disso se eu me pergunto:- Isso e da minha conta? E problema meu? Posso ser útil em uma ação aqui? E se a resposta for não, eu mando luz e saio desse campo de energia.


Precisamos ser coerentes nas nossas ações e não dar perolas a porcos como Jesus disse, gastar o nosso tempo e energia com o que nos faz crescer e evoluir.


Quer conhecer mais essas técnicas?



Se preferir, fale comigo no whatsapp: 11 9 9990-5147

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page